Entrevista Com O DJ e Produtor Ramilson Maia

24/07/2016

 

É com muito prazer e emoção, que recebo por aqui um dos maiores DJs e produtores, no qual sou fã e que representam maravilhosamente bem a cena eletrônica brasileira no país e no mundo.

 

Ele, juntamente com o  Kaleidoscópio, fez parte do Line Up de vários projetos de Drum N Bass  e nos conta um pouco sobre seus trabalhos paralelos com diversos artistas nacionais de diversos segmentos musicais.

 

                                                                                             Seja Muito bem vindo, Ramilson Maia

 

 

 

Debby - Como DJ, você se apresentou em diversos projetos e Clubs importantes na cena eletrônica de SP. Qual foi o primeiro local que você teve oportunidade de mostrar seu trabalho?

 

R: Eu me apresentei em inúmeras casas noturnas e fiz parte do Line Up de muitos projetos, porém, não tive muitas residências. Uma das casas que na minha opinião foi muito importante , foi a Full Dance Bar, que foi onde tudo começou.

 

 

 

Debby - Depois de quanto tempo tocando, você decidiu produzir suas próprias tracks? 

 

R: Foram oito anos como DJ e em 1996  resolvi dedicar-me á produção musical.

 

 

 

Debby - Você criou remixes para diversos e renomados artistas brasileiros. Seu trabalho teve repercussão no país e internacionalmente também. Quais foram os principais, que tiveram maior repercussão na cena eletrônica? 

 

R: Sim, foram vários, entre eles: Daniela Mercury, Winson Simonal, Claudia Leite, Pedro Bial, Otto, Fernanda Porto e Vanessa Da Mata.

 

Me apresentei em vários países como  Itália, França, Portugal, Áustria, Japão Coréia e muitos outros e fui muito bem recebido em todos os lugares por onde estive. Os trabalhos ganharam grande visibilidade internacional.

 

 

 

Debby - Como surgiu a idéia do Projeto Kaleidoscópio com a Janaína Lima e Gui Boratto? O que significou para você fazer parte deste trabalho que teve um enorme reconhecimento nacional e internacional na cena eletrônica? 

 

R: Eu já produzia há um bom tempo e estava na saudosa rave Mega Avonts, foi quando um amigo me apresentou a Janaína.

 

A partir daí, começamos a arquitetar nossas ideias e deu muito certo!

 

Agradeço a Deus pela oportunidade!

 

 

 

Debby - Você participou de outros projetos paralelos depois do Kaleidoscópio. Fale um pouco sobre eles.

 

R: Participei de muitos, produzi juntamente com o Fernando Ferds, um CD todo de House com vocal em inglês.

 

Também realizei trabalhos com a Graça Cunha, onde tivemos oportunidade de nos apresentar inclusive em eventos corporativos.

 

Tive o prazer de  trabalhar com o Trio Titanium e juntos, produzimos músicas de diferentes segmentos musicais, como o Erudito, Rock, Pop , eletrônico  e muitos outros.

 

 

 

Debby - Em 2005, você concorreu ao prêmio MTV Vídeo Music Brasil. Você imaginou que um dia chegaria a esse patamar? 

 

R: Foi maravilhoso! Concorri durante  3 anos consecutivos o VMB, com as músicas Drum Rhodes, Feriado e Macuna.

 

 

 

Debby - Após um longo período inativo, o Kaleidoscópio retomou suas atividades em meados de 2012, para a alegria dos fãs, que por sinal, estavam “Saudosos”.

Por qual motivo o Projeto “Deu Um Tempo” e o que fez com que retornasse? 

 

R:  Demos  um tempo por que a Jana engravidou, e em 2012  fizemos uma Tour pela Europa e  resolvemos fazer um CD em comemoração aos 10 anos de estrada com as participações dos meus queridos irmãos : Mad Zoo, Deep Lick, Drumagick, Patife e  Andy.

 

 

 

Debby - Atualmente, quais são seus projetos? 

 

R: Lançar o meu disco solo e um com o  Kaleidoscópio.

 

 

 

Debby - Gostaria de agradecer ou homenagear alguém em especial?

 

R: Gostaria de agradecer a você pela oportunidade  e a todo o público que me acompanha durante toda a minha trajetória musical!

 

 

 

 

Confira  a galeria de fotos!

 

 

 

 

 

 

Confira vídeos de alguns de seus trabalhos!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload