Entrevista com DJ Márcio Mouse

13/10/2016

 

 

Foi uma honra conversar com um dos profissionais mais talentosos e carismáticos do segmento do Drum N Bass.

 

O Dj e Produtor Márcio Mouse, é um artista completo e possui uma bagagem musical indescritível.

 

Ele é um dos artistas da Soulbass Recordings!

 

Welcome, Márcio Mouse!

 

 

 

 

 

Quando você decidiu que deveria dedicar-se á música e como tudo aconteceu?

 

R: Minha avó amava ouvir música o dia inteiro, eu amava ir para casa dela, achava tudo aquilo muito mágico e ela foi a primeira a me incentivar nesse mundo da música. Eu comecei ouvindo alguns DJs tocando na rádio e frequentando casas noturnas para ouvir e ver os DJs tocarem, e depois tentava comprar os mesmos discos que eles tocavam e ficava tentando fazer algo, sempre dava errado, lógico. Com o tempo eu fui vendo e entendendo como tudo aquilo funcionava.

 

 

Durante sua carreira, você se apresentou em diversas festas voltadas ao Drum N Bass, quais foram os principais eventos que você se apresentou e quais os que você sonha em se apresentar um dia?

 

R: Difícil escolher, mas acho que o aniversário de 1 ano do projeto Sound Rua. Eu e o Broken System, meu "parceiro de crime", passamos tantas coisas para manter e realizar esse projeto, que aquela edição teve um sabor de vitória e de alivio de um bom trabalho realizado.

Outra festa que me marcou muito foi uma que eu toquei em Franca-SP com Marcus Intalex, e depois da festa eu, o Rod Carrera e o Rafael Moura queríamos entrevistar o Intalex e como a festa estava com o som muito alto, saímos da festa, sentamos em um ponto de ônibus em frente a balada para conversar melhor, foi surreal aquela cena, ri muito lembrando disso com o Rod Carrera no outro dia.

Atualmente não tenho esse "sonho" de tocar em algum lugar. Aprendi que as vezes uma pista lotada nem sempre vai entender e  muito menos ligar para o que você esta fazendo, e muitas vezes uma pista pequena, em um lugar que você nem imaginava, vai te surpreender, te deixar super feliz e com a certeza de que você vez um bom trabalho.

 

 

Como produtor, quando iniciaram os trabalhos e quais foram os principais e que arrebentaram nas pistas?

 

R: Eu comecei em 2009, mas não mostrava para ninguém, até que o Punkyhead ouvi uma faixa minha e falou que ela merecia ser lançada, e esse foi o pontapé inicial. Eu acho que o EP Gaia foi bem legal, vários DJs tocaram algumas faixas. Foi a primeira vez que eu ouvi uma das minhas músicas tocando em rádios lá fora. Em 2013 eu lancei um EP em homenagem ao meu pai que estava doente na época.

Todas as faixas remetiam à ele de alguma forma, até os nomes. Eu recebi alguns elogios de DJs e produtores, entre eles o LTJ Buken.

 

 

A partir de quando você passou a dedicar-se á programas nas web rádios e qual a importância desses programas para a cena eletrônica , de um modo geral?

 

R: Desde da época do histórico site DnBOnline eu faço podcast e web rádio! Foi o Sya (Gabriel Quintão), que me despertou esse interesse, ele sempre falou que aqueles programas que fazíamos para o site tinham um grande alcance, na época eu nem imaginava o número de pessoas que ouviam, e um dia ele me falou que eram muita gente(risos). Hoje são inúmeros programas e podcasts, você pode ouvir DJs de qualquer canto do mundo no seu celular.

Acho super importante, eles quebram barreiras gigantescas e ajudam a criar uma integração entres produtores e DJs que talvez nunca fossem se conhecer ou ouvir música X, do produtor do país Y.

Um grande exemplo disso foi a faixa que eu lancei no mês passado com o DJ Sosei, da Califórnia. A gente se conheceu porque ele sempre tocava minhas faixas e ficou curioso para saber de onde eu era (risos), depois de um tempo ficamos amigos e começamos a produzir algumas faixas juntos.

 

 

Você idealizou o Projeto Sound Rua ao lado do DJ e Produtor Broken System. O que significa para você fazer parte de um evento tão importante para a cena de Drum N Bass em Campinas?

 

R: Me sinto muito feliz de fazer parte desse projeto e agradeço sempre ao Broken System e a todos que embarcaram de cabeça em tudo isso. Atualmente estamos em uma estação de trem que não é mais utilizada como estação tradicional, e hoje abriga um centro cultural e que tem uma importância histórica e até afetiva para população de Campinas-SP gigantesco, então fazer o projeto Sound Rua lá, torna tudo muito mágico e especial.

Quando vejo as pessoas dançando naquele lugar que é centenário... Nossa... fico sem palavras! E lá não tem separação, é todo mundo junto, o cara de skate, a patricinha, os DJs de vários estilos musicais, o universitário e etc... É muito raro você ver em baladas fechadas essas mistura e interação.

Parece bobo isso que estou falando, mas nos dias de hoje essa ligação entre essas pessoas de diversos lugares e classes tem uma grande importância!

 

 

Atualmente você é residente em alguma casa noturna ou projeto, além do Soud Rua ?

 

R: Além do Sound Rua, eu faço parte da festa mensal Stomp junto com o DJ FLX e o Punkyhead. Exploramos Breakbeat, Drum and Bass e Dubstep. Eu também faço parte da banda Radiocuts, que flerta com o trip hop, downtempo, hip hop e jazz.

Eu junto com Punkyhead e o músico/instrumentista Mauricio Jr. trabalhamos um ano em estúdio e no final de Outubro o nosso primeiro álbum chega ás lojas. O álbum Sampler, já está nas ruas.

 

 

 

Como surgiu o convite para fazer parte da Soulbass Recordings?

 

R: O Lucky e o Renato tinham conversado comigo em uma festa a uns tempos atrás e depois a gente foi trocando mensagens e fechamos o EP que sai no mês de Novembro. Fico feliz, porque vejo que eles estão fazendo um trabalho muito legal e consistente.

 

 

 

Gostaria de deixar uma mensagem especial á alguém e ao público que acompanha seu trabalho desde o início?

 

R: Primeiro gostaria de agradecer á você Debby pelo convite. Essas entrevistas que você vem fazendo tem uma grande importaria para cena. Agradeço a todos que me apoiam e me acompanham, espero que eu esteja á altura de continuar tentando levar esse estilo que tanto amo

 

 

 

Confira a galeria de fotos de alguns trabalhos!

 

 CONHEÇA NA ÍNTEGRA, ALGUNS DE SEUS TRABALHOS!

 

 

 

PARTICIPAÇÃO NO PROGRAMA JANN SESSIONS 

 

 

APRESENTAÇÃO NO GROOVE CHANEL

 

 

 

FORBASS & TENDENCE - MÁRCIO MOUSE, BROKEN SYSTEM E JORDS MC

 

 

SOUND RUA- MINI DOCUMENTÁRIO DE 1 ANO

 

 

Please reload